Palácio Nacional da Pena

Este palácio faz lembrar um conto de fadas, não achas? Sabes que isso acontece porque foi construído com vários estilos de arquitectura: desde o medieval ao neo-manuelino? E, neste aspecto, não podemos esquecer o antigo Convento da Pena, de estilo renascentista, que já ali estava e continuou... sim, o Palácio cresceu à volta do Convento e a sua mistura de estilos foi idealizada pela sensibilidade artística do seu criador D. Fernando II!

 
Outras informações importantes:

Sabias que...

... A primeira fotografia feita em Portugal é com o Palácio da Pena?Sim, foi Wenceslau Cifka que a tirou. Cifka também tem outra importante ligação a Sintra: ajudou o Barão de Eschwege a planear o Parque da Pena.
Sabias que
Galeria de ilustrações feitas por alunos da EB 2.3 D. Fernando II, Sintra:
(clicar nas imagens)


Mapa de localização



Ver mapa maior

Morada e contactos

Morada:
Situado a 4 Km do centro histórico, dentro do Parque da Pena
Estrada da Pena
2710-609 Sintra

Acesso:
Autocarro n.º 434, com partida da Estação de Sintra e passagem no centro histórico

Telefone:
21 910 53 40

Sítio na Web:
www.parquesdesintra.p

E-mail:
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar

Horário / Preços

Horário:
Abril - Setembro: 9h45 - 19h00

Bilhetes à venda:

até às 18h15

Última entrada:

às 18h30

Para preços consultar o sítio na web dos Parques de Sintra.
  • images/stories/p/p_0000001-ss/p_0000001_a.jpg
  • images/stories/p/p_0000001-ss/p_0000001_b.jpg
  • images/stories/p/p_0000001-ss/p_0000001_c.jpg
  • images/stories/p/p_0000001-ss/p_0000001_d.jpg
  • images/stories/p/p_0000001-ss/p_0000001_e.jpg
 
Para os meus pais e professores
lerem comigo

Constitui o mais completo e notável exemplar de arquitectura portuguesa do Romantismo. Edificado a cerca de 500 metros de altitude, remonta a 1839, quando o rei consorte D. Fernando II de Saxe Coburgo-Gotha (1816-1885), adquiriu as ruínas do Mosteiro Jerónimo de Nossa Senhora da Pena e iniciou a sua adaptação a palacete. Para dirigir as obras, chamou o Barão de Eschwege, que se inspirou nos palácios da Baviera para construir este notável edifício. Extremamente fantasiosa, a arquitectura da Pena utiliza os "motivos" mouriscos, góticos e manuelinos, mas também o espírito Wagneriano dos castelos Schinkel do centro da Europa. Situado a 4,5 Km do centro histórico.

boneca

Desenho de Carlos Jorge, 10 anos
Ext. N. Sra Apresentação (Agualva)
Ano lectivo 2010/2011

O Palácio da Pena investigado por alunos do 6º ano

Vê aqui nove trabalhos feitos por alunos do 6º ano da EB 2.3 de Colares, do Agrupamento de Escolas Monte da Lua (ano letivo 2012/13), no âmbito da disciplina de História e Geografia de Portugal:

um


Doze páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Bárbara Neves, Madalena Castro, Margarida Santos, Melissa Dias e Inês Cunha | Professora: Sandra Mendes

dois

Nove páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Beatriz Xavier e Mariana Joaquim | Professora: Sandra Mendes

três


Dez páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Jaime, Oleksandr, Miguel Pereira, Miguel Pimenta e Gonçalo | Professora:Sandra Mendes

quatro


Vinte páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Diogo Godinho e Francisco Valente  | Professora: Sandra Mendes

cinco


Oito páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Márcia Silva e Maria Rodrigues | Professora:Sandra Mendes

seis

Quatro páginas (clica em cada imagem para veres maior).


Autores: Alexandre Gomes, Guilherme Alves, Nuno Pereira e Nuno Vicente | Professora:Sandra Mendes

sete


Duas páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autor: Duarte Matos | Professora:Sandra Mendes

oito


Cinco páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Ana Inês Rosa, Maria Cardoso e Ana Mota | Professora: Sandra Mendes

nove


Quatro páginas (clica em cada imagem para veres maior).

Autores: Ana Catarina e Maria Silva | Professora:Sandra Mendes

 
Se encontrares algum erro nesta página ou se tiveres mais alguma informação, contacta-nos.
Também podes contribuir com a tua criatividade: envia-nos os teus textos e/ou ilustrações! Vê como aqui.