José da Fonseca
Este artista tem várias obras escultóricas em Sintra, como a Fonte Mourisca na Volta do Duche. Os seus irmãos Luís e Júlio também estavam ligados às artes e foram importantes na construção do Palácio da Quinta da Regaleira, do arquiteto Luigi Manini, onde trabalharam.
Informações relacionadas:

Sabias que...

... a estátua no topo do edifício do antigo Casino de Sintra (ex-Sintra Museu de Arte Moderna) é de José da Fonseca?

j_0000002-sq2

j_0000002-sq1


j_0000002-sq


Fonte Mourisca

Fonte Mourisca, em Sintra

 
José da Fonseca
Para os meus pais e professores
lerem comigo

Texto retirado do blogue "Rio das Maçãs", que também cita um texto de Adriana Jones, publicado no Jornal de Sintra, AQUI.


Biografia

Parte 1

 
José da Fonseca nasceu em Coimbra a 20 de Fevereiro de 1884 e faleceu com 72 anos em 13 Dezembro de 1956.

Parte 2

Em artigo publicado em 18/04/1997 no "Jornal de Sintra" da autoria de Adriana Jones, é traçado o percurso artístico de um homem que deixou em Sintra registos importantes da sua arte.

“A Obra escultórica do artista está espalhada em várias colecções particulares e por espaços públicos em todo o país.

Aqui em Sintra , entre outros temos o Monumento aos Mortos da Grande Guerra, o Medalhão de D.Fernando II no Parque da Pena, na Volta do Duche a homenagem do povo de Sintra ao Dr. Gregório de Almeida, estatuária religiosa e fúnebre em S.Marçal e na Regaleira onde a cada passo deparamos com a belísima pedra de Outil (Coimbra) , trabalhada primorosamente por José da Fonseca.

Carvalho Monteiro encontrou na família Fonseca artistas que muito contribuiram para que o projecto de Manini fosse devidamente executado, a talha da Capela é de Júlio da Fonseca e muita da cantaria foi cinzelada por Luis da Fonseca, ambos irmãos do escultor, que acompanhou até à sua conclusão as obras da Regaleira.”

 
Se encontrares algum erro nesta página ou se tiveres mais alguma informação, contacta-nos.
Também podes contribuir com a tua criatividade: envia-nos os teus textos e/ou ilustrações! Vê como aqui.