Dorita de Castel-Branco
Dorita de Castel-Branco foi uma escultora portuguesa do século XX. A sua ligação maior a Sintra acontece no fim da sua carreira, altura em que faz uma grande exposição no concelho. As suas esculturas são modernas e têm como temática, em grande parte, o corpo humano.
Outras informações importantes:

Sabias que...

... ... esta escultora se tornou uma especialista a criar medalhas?

Há medalhas para diversas situações: para comemorar uma data, mas também para oferecer como prémio de uma prova desportiva ou de um concurso. E Dorita de Castel-Branco tornou-se uma especialista na criação de medalhas, como podes ver nestes exemplos, uma medalha para comemorar uma data de um antigo banco português (Banco de Fomento Nacional) e outra dedicada ao 25 de Abril de 1974:
Medalhas

Uma medalha tem dois lados. Sabes como se chama a cada um? Ao principal chamamos "anverso" e ao outro... claro: "verso"!
Sabias que
Dorita de Castel-Branco
Para os meus pais e professores
lerem comigo

Biografia

Parte 1

Dorita de Castel-Branco – nasceu em Lisboa, a 13 de Setembro de 1936 e faleceu em Setembro de 1996.

Em 1962 concluiu o Curso Superior de Escultura da Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa; foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian em Paris, onde frequentou a École Supérieure de Beaux-Arts e a Académie du Feu.

Foi também medalhista – onde alcançou grande notoriedade, trabalhou em numismática e ilustração. Realizou inúmeras exposições individuais e colectivas, nomeadamente na Sociedade Nacional de Belas-Artes ou na Fundação Gulbenkian, tendo alcançado diversos prémios.

As suas obras estão expostas em edíficios, jardins e praças públicas em Lisboa, Brasília ou Macau, só para oferecer alguns exemplos, ou ainda no Museu de Arte Moderna ou Biblioteca Nacional, em Lisboa.

Parte 2

Algum tempo antes de falecer, realiza uma grande exposição no Concelho de Sintra. Acaba por doar parte do seu espólio à Câmara Municipal de Sintra.

 
Se encontrares algum erro nesta página ou se tiveres mais alguma informação, contacta-nos.
Também podes contribuir com a tua criatividade: envia-nos os teus textos e/ou ilustrações! Vê como aqui.