Lord Byron
Este poeta inglês visitou Sintra no século XIX. Ficou tão encantado que num poema dedicou belíssimas palavras a esta localidade. Disse ele: "Sintra, glorioso Éden"!
Outras informações importantes:

Sabias que...

... Byron foi um poeta do Romantismo?
Sabias que
Lord Byron
Para os meus pais e professores
lerem comigo
Breve biografia

Parte 1

George Gordon Noel nasceu em Londres em 22 de Janeiro de 1788.

Apenas com dez anos, herdou o título nobiliárquico do tio-avô William, o que faz com que se torne o sexto Lord Byron.

Quando Byron decide viajar, aos 21 anos, já tem duas obras de poesia mal-amadas pela crítica (Hours of Idleness,1807, e English Bards and Scotch Reviewers, 1809).

Parte 2

É neste contexto que surge em Portugal.

Quando regressa à sua pátria, em 1811, prepara a publicação de Childe Harold's Pilgrimage (que se inicia em 1812), um poema extenso onde alude a Sintra e aos portugueses. Decididamente irritado com estes, é, pelo contrário, elogioso com a localidade que, numa carta a um seu amigo (Hodgson), afirma:

"Devo apenas observar que a vila de Cintra, na Estremadura, é talvez a mais bela do mundo".

Parte 3

Dono de uma vida atribulada, revela o seu génio literário através da sua poesia, numa primeira fase romântica (por exemplo: The Corsair, 1814; Lara, 1914; ou, The Siege of Corinth, 1916), e, depois, num registo de sátira (por exemplo, o seu Don Juan, 1819-1824, obra inacabada).

Ainda se dedicou à edição jornalística, fundando, com Leigh Hunt, a publicação The Liberal (1822).

Faleceu em 19 de abril de 1824, em Missolonghi (Grécia), com uma febre desconhecida, numa altura em que estava ao serviço do seu país, integrado numa comitiva inglesa para a independência da nação grega, combatendo, desta forma, contra os turcos.


 
Se encontrares algum erro nesta página ou se tiveres mais alguma informação, contacta-nos.
Também podes contribuir com a tua criatividade: envia-nos os teus textos e/ou ilustrações! Vê como aqui.